Pular para o conteúdo principal

GOVERNO PROMOVE CURSO DE FORMAÇÃO SOBRE PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E CULTURAL DA BARRAGEM DO RETIRO

O Governo do Estado, por meio da Secretaria Executiva de Meio Ambiente, realizou nesse domingo (4) visita técnica à área de influência da Barragem Retiro, no município de Cuité. A visita faz parte do curso de formação para conservação do patrimônio histórico cultural e arqueológico que está sendo ofertado aos professores da rede pública de ensino.  A ação teve como principal objetivo transmitir aos professores a importância da preservação do patrimônio histórico e cultural da Barragem de Retiro. Cerca de 30 profissionais participaram das atividades.
Durante o treinamento, os professores participaram de trilhas na área da barragem, conhecida por possuir pinturas rupestres que podem ter sido feitas por homens que viveram no local há mais de 6 mil anos. As atividades fazem parte de um curso de formação que está sendo promovido pelo Governo do Estado sobre resgate arqueológico e educação patrimonial.
De acordo com Vanessa Oliveira, gerente executiva da Secretaria de Meio Ambiente, os treinamentos são de grande importância para a preservação do patrimônio histórico e cultural da Barragem de Retiro. “Os professores são grandes multiplicadores e com esse curso eles vão transmitir o máximo de conhecimento para seus alunos sobre as peculiaridades e o potencial arqueológico de conservação do patrimônio histórico e cultural como um todo e principalmente sobre a Barragem de Retiro. O Governo do Estado vem investindo nessas capacitações porque entende a importância da preservação desses espaços”, ressaltou.
O professor de ciências, Janailson Araújo, ressalta a experiência de ter participado das atividades durante o domingo. ”Pra mim foi muito importante ter participado desse momento, pois a gente saiu um pouco da sala de aula para aprender na prática a história do nosso município. Agora vou tentar, da melhor maneira possível, passar tudo o que aprendi para meus alunos”, destacou.
O arqueólogo e historiador da Universidade Federal de Mato Grosso, Luciano Pereira, que está ministrando o curso para os professores, afirma que a forma de como está sendo transmitido conhecimento aos professores torna o curso mais atrativo e de fácil compreensão. “O patrimônio cultural é uma área bastante interdisciplinar e uma atividade como essa, que utiliza trabalhos em campo, promove o contato com a natureza, com os sítios arqueológicos, e visita ao Museu do Homem do Curimataú, é extremamente profícuo para a compreensão desses professores.
Luciano ainda destaca a riqueza histórica que possui a Barragem de Retiro. “O local possui pinturas rupestres e os sítios arqueológicos mostram uma relação bastante peculiar do homem com a natureza. A questão da arqueologia está relacionada em como o homem transforma a natureza para a sua sobrevivência para o seu sustento e essa barragem de Retiro demonstra a relação peculiar de como esses homens estabeleciam as relações sociais entre si e como eles passavam a utilizar os recursos naturais para o seu sustento.
Durante esta semana, o curso de formação segue com aulas teóricas para professores das redes estadual e municipal de ensino.


 Secom/PB.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

(VIDEO) ENGº DE MINAS DA CIDADE DE PICUÍ FOI DESTAQUE NO DOMINGO ESPETACULAR

Em Pindobaçu (BA), conhecida como a capital mundial da esmeralda, garimpeiros encontraram recentemente uma preciosidade que pode valer dezenas de milhões de reais. Trata-se de uma rocha de 1,30 m e 365 kg, cravejadas de esmeraldas, um verdadeiro tesouro geológico debaixo do solo brasileiro. O Domingo Espetacular entrou na mina de origem da pedra e mostra qual deve ser o destino dela. Acompanhe! Na o ocasião o   Engenheiro de Minas, da cidade de Picuí, Paraíba,  Marcelo Araújo Santos,  formado pela Universidade Federal de Campina Grande – UFCG. Falou sobre a mina.
Veja a reportagem: 




Setor mineral em foco com domingo espetacular.

MINERAL RARO PODE TER SIDO ENCONTRADO EM FREI MARTINHO PARAÍBA

A MINA ESCOLA EM SANTA LUZIA PODE SER USADA PARA ATIVIDADES PRÁTICAS DE MINERAÇÃO.

A Mina Escola  fica  localizada as margens da BR-230 que corta o Sertão do Estado da Paraíba, quem passa pela cidade de Santa Luzia com destino à  Patos ou de Patos destino à Campina Grande,  consegue ver suas instalações.
Segundo o técnico em Mineração Antônio de Pádua Sobrinho, a Mina Escola   apesar de está desativada continua sendo um  verdadeiro laboratório podendo  ser utilizada para a realização de  aulas práticas para  estudantes de Engenharia de Minas, de Geologia, e de técnicos em mineração ou até mesmo como ferramenta para projetos que buscam o desenvolvimento da Mineração no Estado. “Percorrendo as instalações da Mina é possível observar que muitas aulas podem ser ministradas no local, como de Geologia, Lavra, desmonte de rochas e beneficiamento de Minérios, ou quem sabe utiliza-la  para o turismo,tendo em vista o seu valor histórico e cultural,  em sua maioria desconhecido pelas gerações mais jovens,  seria  uma forma de preserva esse patrimônio  como acontece em algumas M…