Pular para o conteúdo principal

DICAS DE COMO SE PORTAR EM UMA ENTREVISTA DE EMPREGO. POR Jony Peterson

Foto: Jony Peterson 
Olá pessoal tudo bem? Este artigo foi elaborado a partir da sugestão de diversos alunos do curso técnico em mineração do IFPB (Instituto Federal da Paraíba), Campus Picuí, no qual muitos estão se formando e solicitaram dicas de como se portar em uma entrevista de emprego.

Condensei aqui algumas dicas as quais obtive participando de entrevistas de emprego, bem como conversando com recrutadoras e psicólogas. Então vamos lá!

*      Currículo
]
O seu currículo é o seu cartão de visita na empresa, ele tem que ser o mais objetivo possível, porém bem explicado. O currículo deve conter as seguintes informações:
No topo do currículo, seu nome completo, estado civil (é essencial), telefone e e-mail (em destaque) e sua formação atual, número de documentos são dispensáveis.
Em seguida adicione o objetivo, seja claro e direto quanto ao cargo que almeja.
Qualificações: liste em 2 linhas as principais características que o tornem apto a obter a vaga desejada.
Crie um resumo da sua trajetória profissional, além do nível de escolaridade, adicione o ano e a instituição que se formou. Todos os cursos que foram feitos adicione-os neste resumo.

Após o resumo crie uma lista da (s) sua (s) experiência (s) profissional (ais) listando os trabalhos que foram realizados, bem como cargos, funções e tempo de permanência (não seja extenso nesse item, seja objetivo, porém valorize as experiências que considerar mais relevantes).
Por fim, jamais minta, pois mentiras numa entrevista são facilmente descobertas. Um currículo bom tem no máximo duas páginas, pois o recrutador demora em média 30 segundos analisando, tempo de sobra para que seu currículo chame sua atenção.

Erros de português é um erro gravíssimo, revise o currículo quantas vezes forem necessárias. Peça para alguém ler antes de enviar. Pois uma frase fora de lugar, uma palavra errada pode lhe tirar de uma seleção.

*      Informações sobre a empresa.

Em vias de regra mais da metade dos candidatos não sabem nada ou muito pouco sobre a empresa que está indo fazer uma entrevista, isso pode fazer você perder uma vaga. Portanto antes da entrevista procure na internet, redes sociais e profissionais que conhece toda a informação possível sobre a empresa, como data de criação, objetivos, missão, visão, produtos comercializados e etc. Tais informações lhe darão mais segurança ao recrutador, pois mostra pro-atividade.
*      Entrar em contato com a empresa.

Quando se encontra uma vaga, na maioria das vezes você envia um e-mail, acabou aí sua parte? NÃO. Pesquise onde fica a vaga, descubra por meio da internet onde é a empresa, telefone, endereço e etc. e entre em contato com a empresa. Converse sobre a vaga, sobre a seleção e deixe claro que está participando e tem vontade da vaga. Agora vem o pulo do gato, se identifique pela sua formação, em seguida a instituição de ensino e depois seu nome, por exemplo: Bom dia, sou o Técnico em Mineração do IFPB – Picuí, Fulano de Tal, tudo bem? Considero importante tal identificação, porque é mais fácil o recrutador lembrar-se de onde você é e do que seu nome, pois ele trata com um universo de diversos currículos de pessoas com mesmo nome.

*      Aparência é sim, muito importante.

Numa entrevista a forma de se vestir é sim analisada, estar alinhado, bem vestido pode ser um fator de decisão (acreditem) entre dois candidatos, pois se um dos candidatos está bem vestido, alinhado, demonstra confiança.

*      O primeiro contato com o recrutador

Como diz o ditado “a primeira impressão é a que fica”. No mundo corporativo não fica atrás. Como eu disse antes, mais na metade do impacto são nas roupas, pois se trata do contato visual. O restante está nas palavras e qualidade da voz, evitar gírias, falar muito alto, gaguejar e na gramática. Fale pausado, com o português o máximo impecável que puder e num volume agradável, para que a conversa seja legal.

*      Educação é tudo.

Eu digo aos meus filhos que existem quatro palavras mágicas, “Por favor”, “Desculpe”, “Com Licença” e “Obrigado”. Você que está lendo pode achar que é coisa para criança, que é de pequeno que se aprende a ser educado. E na vida profissional é extremamente importante, mais ainda numa entrevista, pois será amplamente analisada sua forma de se portar, principalmente no que tange a educação.

*      Erros na entrevista

Vou listar alguns erros cometidos numa entrevista, que já vi candidato errando e que me disseram que erraram, prestem muita atenção:
Celular ligado: lembre-se que você está conversando com uma pessoa que pode garantir uma vaga para você, então desligue seu telefone e mantenha o foco. O recrutador pode até deixar o dele, pois ele está em horário de trabalho.
Parecer arrogante: Por estar nervoso você pode aparentar um comportamento de superioridade, jamais cometa esse erro, fique calmo e seja humilde nas respostas.
Excesso de humor ou piadas: Ainda no que tange ao nervosismo, você pode tentar contar piadas fora de hora ou ser muito humorado, mantenha a calma e seja descontraído, mas não brincalhão demais, pode deixar uma má impressão.
Calado demais: Ainda vou bater na tecla do nervosismo, por conta disso ficar calado demais e chegar ao ponto de não responder as perguntas irá lhe prejudicar demais.
Falta de entusiasmo: Se você for para uma entrevista pense positivo “essa vaga será minha” e deixe transparecer essa vontade. Agora você ir com falta de entusiasmo, desanimado, chateado pode ter certeza que o recrutador irá observar estes sentimentos.
Falar mal do último emprego ou instituição de ensino: esse é um erro mortal numa seleção, pois você falar mal do seu emprego atual ou último, difamar ou não falar bem da sua instituição de ensino, você estará dando um tiro no pé, o recrutador terá a percepção que no futuro caso seja contratado, irá falar mal também.
Antecipar perguntas sobre o emprego: pode parecer até confuso, mas não é. Mesmo estando nervoso, deixe o recrutador falar tudo sobre o emprego, desde aonde será a vaga, o tipo de trabalho e etc., aí sim caso tenha ficado alguma dúvida faça uma pergunta. Nunca entre na sala e já vá enchendo o recrutador de perguntas.
Chegar atrasado: Se você sabe que o local é longe, se puder chegar com MUITA antecedência ou até um dia antes, porque chegar atrasado é um sinal ruim para o recrutador e será quase certeza que irá ser eliminado.

*      Possíveis perguntas

Vou condensar aqui algumas perguntas que são recorrentes em entrevistas:
Fale sobre você
Tanto nessa pergunta quanto as próximas seja honesto. E responda sempre unindo o profissional com o pessoal, por exemplo: “Sou técnico em mineração ... formado na melhor escola de mineração do Nordeste que é a [SUA INSTITUIÇÃO], tenho xx de idade, sou formado a xx tempo, moro em ..., gosto de praticar esportes e etc...
Fale sobre seu último emprego
 Isso caso você venha de um emprego. O que o recrutador quer saber é o que você fazia, diga tudo que fez, enfatizando as principais ações e ganhos.
O que você sabe sobre nós?
Já falei anteriormente, pesquise o máximo possível sobre a empresa, pois é esse o momento de impressionar o recrutador.
Que experiência você possui em ... ?
 Se você estiver sendo chamado para atuar no planejamento de mina, a pergunta é voltado para esse tipo de experiência, se for operação de mina será nessa área e assim por diante. Seja sincero sempre, se não tiver o que responder, fale sobre a interação que teve com a área em questão.
Quais seus principais pontos fortes e fracos?
Essa pergunta é capciosa, mas o que o recrutador está questionando é sua sinceridade, ou seja, se for bom em uma disciplina enfatize ela, se for bom em informática seja claro. Evite respostas que do tipo “meu ponto fraco é que não sei desistir”, “meu ponto fraco é sempre querer o melhor”, essas respostas são muito manjadas pelos recrutadores. Seja criativo nesse momento, busque no youtube as palestras sobre este assunto, você irá se surpreender com as respostas, aprendam com elas.

Porque você gostaria de trabalhar conosco?
Esse é o momento de reunir todas as dicas até aqui e usar de forma criativa. Vou repetir, seja sincero e levante “a bola” da empresa até o céu e não seja desesperado dizendo que precisa do emprego e coisas do tipo, seja profissional e coerente.

Pessoal, espero que tenham gostado do artigo e que os ajude no esclarecimento de dúvidas que irão encontrar no mercado de trabalho. Qualquer dúvida ou crítica enviar e-mail para jony_lima@yahoo.com.br

Toda ação humana, quer se torne positiva ou negativa, precisa depender de motivação.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

(VIDEO) ENGº DE MINAS DA CIDADE DE PICUÍ FOI DESTAQUE NO DOMINGO ESPETACULAR

Em Pindobaçu (BA), conhecida como a capital mundial da esmeralda, garimpeiros encontraram recentemente uma preciosidade que pode valer dezenas de milhões de reais. Trata-se de uma rocha de 1,30 m e 365 kg, cravejadas de esmeraldas, um verdadeiro tesouro geológico debaixo do solo brasileiro. O Domingo Espetacular entrou na mina de origem da pedra e mostra qual deve ser o destino dela. Acompanhe! Na o ocasião o   Engenheiro de Minas, da cidade de Picuí, Paraíba,  Marcelo Araújo Santos,  formado pela Universidade Federal de Campina Grande – UFCG. Falou sobre a mina.
Veja a reportagem: 




Setor mineral em foco com domingo espetacular.

MINERAL RARO PODE TER SIDO ENCONTRADO EM FREI MARTINHO PARAÍBA

A MINA ESCOLA EM SANTA LUZIA PODE SER USADA PARA ATIVIDADES PRÁTICAS DE MINERAÇÃO.

A Mina Escola  fica  localizada as margens da BR-230 que corta o Sertão do Estado da Paraíba, quem passa pela cidade de Santa Luzia com destino à  Patos ou de Patos destino à Campina Grande,  consegue ver suas instalações.
Segundo o técnico em Mineração Antônio de Pádua Sobrinho, a Mina Escola   apesar de está desativada continua sendo um  verdadeiro laboratório podendo  ser utilizada para a realização de  aulas práticas para  estudantes de Engenharia de Minas, de Geologia, e de técnicos em mineração ou até mesmo como ferramenta para projetos que buscam o desenvolvimento da Mineração no Estado. “Percorrendo as instalações da Mina é possível observar que muitas aulas podem ser ministradas no local, como de Geologia, Lavra, desmonte de rochas e beneficiamento de Minérios, ou quem sabe utiliza-la  para o turismo,tendo em vista o seu valor histórico e cultural,  em sua maioria desconhecido pelas gerações mais jovens,  seria  uma forma de preserva esse patrimônio  como acontece em algumas M…