Pular para o conteúdo principal

PROPOSTA DE RECUPERAÇÃO DE ÁREA DEGRADADA PELA MINERAÇÃO, USANDO O REJEITO DA VERMICULITA

Foto Vermiculita.
Fonte: http://www.dupreminerals.com/pt/products/crude-vermiculite



PROPOSTA DE RECUPERAÇÃO DE ÁREA DEGRADADA PELA MINERAÇÃO, USANDO O REJEITO DA VERMICULITA

Amanda Carolina Alencar¹; Thamara Pessoa Goes da Costa²; Samara Galvão da Silva³ ¹E-mail: amandiinha_alencar@hotmail.com; ²E-mail: thamarapessoa2@hotmail.com; ³E-mail: samara_galvao@hotmail.com

 A mineração é um dos setores básicos da economia do país, contribuindo de forma decisiva para o bem estar e a melhoria da qualidade de vida das presentes e futuras gerações, sendo fundamental para o desenvolvimento de uma sociedade equânime, desde que seja operada com responsabilidade social e ambiental, seguindo as leis ambientais onde prevê que qualquer empresa tem obrigação de após o encerramento da jazida, recuperar a área explorada apresentando assim um PRAD junto com o plano de fechamento de mina para o órgão licenciador. A recuperação é o processo de reverter as terras degradadas em terras produtivas e auto-sustentáveis. No semiárido do estado da Paraíba existe varias mineradoras com problemas em relaçãoarecuperação de áreas degradadas, entre elas a MPL - Mineração Pedra Lavrada, localizada em Santa LuziaPB, que tem sob sua responsabilidade alguns problemas causados pela extração mineral da vermiculita, onde além de gerar o passivo em relação a cava também gera muito rejeito que é depositado em lugares impróprios causando assim um passivo ambiental, sendo assim o atual trabalho busca propor de forma simples e equilibrada a recuperação dos passivos ambientais gerados pela NPL - Mineração Pedra Lavra.

Palavras-chave: Mineração; Pedra Lavrada; PRAD.

Fonte: Anais do Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental e Sustentabilidade - Vol. 2: Congestas 2014 ISSN 2318-7603 361 Ecogestão Brasil http://eventos.ecogestaobrasil.net/congestas/
Eixo Temático ET-06-001 - Recuperação de Áreas Degradadas



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

(VIDEO) ENGº DE MINAS DA CIDADE DE PICUÍ FOI DESTAQUE NO DOMINGO ESPETACULAR

Em Pindobaçu (BA), conhecida como a capital mundial da esmeralda, garimpeiros encontraram recentemente uma preciosidade que pode valer dezenas de milhões de reais. Trata-se de uma rocha de 1,30 m e 365 kg, cravejadas de esmeraldas, um verdadeiro tesouro geológico debaixo do solo brasileiro. O Domingo Espetacular entrou na mina de origem da pedra e mostra qual deve ser o destino dela. Acompanhe! Na o ocasião o   Engenheiro de Minas, da cidade de Picuí, Paraíba,  Marcelo Araújo Santos,  formado pela Universidade Federal de Campina Grande – UFCG. Falou sobre a mina.
Veja a reportagem: 




Setor mineral em foco com domingo espetacular.

MINERAL RARO PODE TER SIDO ENCONTRADO EM FREI MARTINHO PARAÍBA

A MINA ESCOLA EM SANTA LUZIA PODE SER USADA PARA ATIVIDADES PRÁTICAS DE MINERAÇÃO.

A Mina Escola  fica  localizada as margens da BR-230 que corta o Sertão do Estado da Paraíba, quem passa pela cidade de Santa Luzia com destino à  Patos ou de Patos destino à Campina Grande,  consegue ver suas instalações.
Segundo o técnico em Mineração Antônio de Pádua Sobrinho, a Mina Escola   apesar de está desativada continua sendo um  verdadeiro laboratório podendo  ser utilizada para a realização de  aulas práticas para  estudantes de Engenharia de Minas, de Geologia, e de técnicos em mineração ou até mesmo como ferramenta para projetos que buscam o desenvolvimento da Mineração no Estado. “Percorrendo as instalações da Mina é possível observar que muitas aulas podem ser ministradas no local, como de Geologia, Lavra, desmonte de rochas e beneficiamento de Minérios, ou quem sabe utiliza-la  para o turismo,tendo em vista o seu valor histórico e cultural,  em sua maioria desconhecido pelas gerações mais jovens,  seria  uma forma de preserva esse patrimônio  como acontece em algumas M…