Pular para o conteúdo principal

1ª EDIÇÃO DO PROJETO CAFÉ COM GEOLOGIA DO IFPB

Foi realizado nesta última segunda-feira (30), no Campus Picuí, a primeira edição do Projeto 'Café com Geologia’, organizado pela Coordenação do Curso Técnico Integrado em Geologia, representado pela Professora Lidiane Félix, Professor Miguel Borges, idealizador do evento, e os Professores Anderson Souza e Vinícius Lisboa.


O evento teve como objetivo abordar temas relativos às geociências em geral, divulgando e compartilhando o conhecimento geológico, bem como estimular o senso científico dos estudantes do curso técnico em geologia e intensificar sua relação com o meio profissional e acadêmico.


Durante a primeira parte do evento foram apresentados os projetos de pesquisa e extensão que estão sendo desenvolvidos pelo Núcleo de Estudos em Geologia e Geofísica Aplicada do Semiárido (NUGGAP), além de duas palestras abordando Técnicas de Mapeamento e Geologia Ambiental.
Já na segunda parte do evento foram convidados os responsáveis pela empresa GTA Levantamentos Topográficos e Geológicos, Eliakim Martins e Efraim Martins. Eles apresentaram as mais diversas aplicações de equipamentos topográficos no ramo das geociências, de maneira prática, aproximando os estudantes da realidade do mercado de trabalho atual. Ao final houve uma demonstração, na área externa do campus, de um VANT (Veículo Aéreo Não Tripulado), ferramenta que vem revolucionando a aquisição de dados. Foram discutidas inúmeras aplicações na área de geociências.


A primeira edição do evento também comemorou o Dia do Geólogo, que acontece tradicionalmente no dia 30 de maio. Estiveram presentes alunos dos cursos técnicos de geologia e mineração do campus Picuí, além de professores das mais diversas áreas. O evento será realizado semestralmente e deverá ter sua segunda edição durante o segundo semestre de 2016.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

(VIDEO) ENGº DE MINAS DA CIDADE DE PICUÍ FOI DESTAQUE NO DOMINGO ESPETACULAR

Em Pindobaçu (BA), conhecida como a capital mundial da esmeralda, garimpeiros encontraram recentemente uma preciosidade que pode valer dezenas de milhões de reais. Trata-se de uma rocha de 1,30 m e 365 kg, cravejadas de esmeraldas, um verdadeiro tesouro geológico debaixo do solo brasileiro. O Domingo Espetacular entrou na mina de origem da pedra e mostra qual deve ser o destino dela. Acompanhe! Na o ocasião o   Engenheiro de Minas, da cidade de Picuí, Paraíba,  Marcelo Araújo Santos,  formado pela Universidade Federal de Campina Grande – UFCG. Falou sobre a mina.
Veja a reportagem: 




Setor mineral em foco com domingo espetacular.

MINERAL RARO PODE TER SIDO ENCONTRADO EM FREI MARTINHO PARAÍBA

A MINA ESCOLA EM SANTA LUZIA PODE SER USADA PARA ATIVIDADES PRÁTICAS DE MINERAÇÃO.

A Mina Escola  fica  localizada as margens da BR-230 que corta o Sertão do Estado da Paraíba, quem passa pela cidade de Santa Luzia com destino à  Patos ou de Patos destino à Campina Grande,  consegue ver suas instalações.
Segundo o técnico em Mineração Antônio de Pádua Sobrinho, a Mina Escola   apesar de está desativada continua sendo um  verdadeiro laboratório podendo  ser utilizada para a realização de  aulas práticas para  estudantes de Engenharia de Minas, de Geologia, e de técnicos em mineração ou até mesmo como ferramenta para projetos que buscam o desenvolvimento da Mineração no Estado. “Percorrendo as instalações da Mina é possível observar que muitas aulas podem ser ministradas no local, como de Geologia, Lavra, desmonte de rochas e beneficiamento de Minérios, ou quem sabe utiliza-la  para o turismo,tendo em vista o seu valor histórico e cultural,  em sua maioria desconhecido pelas gerações mais jovens,  seria  uma forma de preserva esse patrimônio  como acontece em algumas M…