Pular para o conteúdo principal

MPT- DO TRABALHO REALIZA CICLO DE PALESTRAS PARA ALUNOS DO CURSO DE MINERAÇÃO




 De  15 a 17 de junho, o município de Santa Luzia,  recebeu o projeto Trabalho de Todos, do Ministério Público do Trabalho na Paraíba,  o evento aconteceu na Escola Municipal Ana Brito de Figueiredo e teve  como objetivo levar cidadania à sociedade local, tratando também das problemáticas trabalhistas na cidade. 

Dentro da programação a Escola Estadual Padre Jerônimo Lauwen  foi contemplada com algumas palestras que foram voltadas para os alunos  do curso técnico em mineração, que oferecido pela escola.

  Na segunda-feira, dia 15, o  procurador do trabalho do Estado da Paraíba, Claúdio Gadelha,  proferiu uma palestra com a temática:  Direitos Fundamentais Trabalhistas, Expondo  os direitos fundamentais  trabalhistas a partir de uma perspectiva constitucional. Na terça-feira, dia 16, o procurador do trabalho da cidade de Campina-Grande, Dr.  Raulino Maracajá Coutino Filho, proferiu uma palestra sobre os  aspectos sobre saúde e segurança do trabalhador da mineração, Expondo para os alunos   as normas trabalhistas que regulamentam a atividade.




Encerrando o ciclo de palestras na escola,  hoje, dia 17 a procuradora do trabalho da cidade de Patos, Dr. Marcela de Almeida Maia Asfora, juntamente com Cáudia Miranda, Janyelly Enfermeira do trabalho e  equipe do CEREST/Patos, e Anderson Coordenador do ITEC,Patos. Proferiram uma palestra para os alunos sobre a  situação da atividade mineral da região, avanços e desafios,  debatendo soluções  acerca das questões sociais, ambientais e econômicas  que atingem as relações trabalhistas na mineração.


  Segundo o professor Antonio de Pádua Sobrinho,  as palestras foram bastante proveitosas para os alunos que  debateram, questionaram e puderam  obter alguns  esclarecimentos  de suma importância para eles que  em  breve serão inseridos no mercado de trabalho. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

(VIDEO) ENGº DE MINAS DA CIDADE DE PICUÍ FOI DESTAQUE NO DOMINGO ESPETACULAR

Em Pindobaçu (BA), conhecida como a capital mundial da esmeralda, garimpeiros encontraram recentemente uma preciosidade que pode valer dezenas de milhões de reais. Trata-se de uma rocha de 1,30 m e 365 kg, cravejadas de esmeraldas, um verdadeiro tesouro geológico debaixo do solo brasileiro. O Domingo Espetacular entrou na mina de origem da pedra e mostra qual deve ser o destino dela. Acompanhe! Na o ocasião o   Engenheiro de Minas, da cidade de Picuí, Paraíba,  Marcelo Araújo Santos,  formado pela Universidade Federal de Campina Grande – UFCG. Falou sobre a mina.
Veja a reportagem: 




Setor mineral em foco com domingo espetacular.

MINERAL RARO PODE TER SIDO ENCONTRADO EM FREI MARTINHO PARAÍBA

A MINA ESCOLA EM SANTA LUZIA PODE SER USADA PARA ATIVIDADES PRÁTICAS DE MINERAÇÃO.

A Mina Escola  fica  localizada as margens da BR-230 que corta o Sertão do Estado da Paraíba, quem passa pela cidade de Santa Luzia com destino à  Patos ou de Patos destino à Campina Grande,  consegue ver suas instalações.
Segundo o técnico em Mineração Antônio de Pádua Sobrinho, a Mina Escola   apesar de está desativada continua sendo um  verdadeiro laboratório podendo  ser utilizada para a realização de  aulas práticas para  estudantes de Engenharia de Minas, de Geologia, e de técnicos em mineração ou até mesmo como ferramenta para projetos que buscam o desenvolvimento da Mineração no Estado. “Percorrendo as instalações da Mina é possível observar que muitas aulas podem ser ministradas no local, como de Geologia, Lavra, desmonte de rochas e beneficiamento de Minérios, ou quem sabe utiliza-la  para o turismo,tendo em vista o seu valor histórico e cultural,  em sua maioria desconhecido pelas gerações mais jovens,  seria  uma forma de preserva esse patrimônio  como acontece em algumas M…