Pular para o conteúdo principal

PICUÍ-PB: CÂMARA MUNICIPAL HOMENAGEIA TÉC EM MINERAÇÃO COM VOTO DE APLAUSO


Na sessão ordinária da última segunda-feira (18),  os vereadores Picuienses aprovaram um voto de aplauso em homenagem ao técnico em mineração Antônio de Pádua Caetano de Lima Sobrinho.O autor da propositura foi o vereador Ataíde Xavier


Confira abaixo o requerimento:

REQUERIMENTO Nº 055/2015
EMENTA: SOLICITA DA MESA DIRETORA DA CÂMARA MUNICIPAL DE PICUÍ, VOTOS DE APLAUSOS AO TÉCNICO EM MINERAÇÃO ANTÔNIO DE PÁDUA CAETANO DE LIMA SOBRINHO.


                        Senhor Presidente,  


O Vereador que este subscreve requer que, após ouvido o plenário, seja encaminhado o presente Voto de Aplauso, ao Técnico em Mineração ANTÔNIO DE PÁDUA CAETANO DE LIMA SOBRINHO.


JUSTIFICATIVA
         
O presente voto de aplauso justifica-se pela incansável luta em defesa da mineração, pelos estudos e pesquisas desenvolvidas na área e pelo destaque e reconhecimento obtido a nível estadual, nacional e mundial.
Antonio de Pádua Caetano de Lima Sobrinho, é natural da cidade de Picuí, PB,  foi  aluno da 1ª turma do curso de mineração do Instituto Federal de Educação Ciência e tecnologia da Paraíba-IFPB Campus Picuí, inicio o curso em 2009, para obtenção do diploma de técnico me mineração ele estagiou na Companhia de Desenvolvimento dos Recursos Minerais do Estado da Paraíba -CDRM no Período de Janeiro á dezembro de 2012, Dando apoio a pequena mineração e as cooperativas de Mineradores da Mesorregião do Seridó Paraibano, tais como: Selecionando áreas potencialmente mineralizadas para fixação de atividades extrativas por pequenos mineradores organizados em cooperativas, prospectando minerais de interesse econômico para atender as demandas mercadológicas, bem como estabelecendo atividades produtivas pelos cooperados das cooperativas de Picuí e Frei Martinho,COOPICUÍ E COOPERMINERAL, respectivamente, auxiliando os dirigentes de cooperativas em atividades relativas aos processos produtivos de tratamentos e comercializações, elaborando relatórios técnicos de interesse das cooperativas e das instituições parceiras do programa de apoio ao pequeno minerador, e mais especificamente, da equipe técnica da CDRM/PB,contribuindo e apresentando sugestões para melhoria do modelo produtivo, através de pequenos mineradores.
Atualmente é professor da Escola Estadual Padre Jerônimo Lauwen de Santa Luzia , Estado da Paraíba e do SENAI/PB,  Além de ser  pesquisador dos recursos minerais da região do Seridó Paraibano com vários trabalhos publicados e apresentados em congressos e simpósios nacionais e internacionais.

Além de ser um dos integrantes do projeto garimpo bom mineração responsável que tem por objetivo realizar um levantamento global das condições socioeconômicas, de segurança e saúde do pequeno minerador que atua no extrativismo mineral da Paraíba, levando em consideração também as questões ambientais dos garimpos.
Sobrinho Já proferiu palestra Universidade Federal da Paraíba –UFPB, Universidade Federal de Campina Grande-UFCG, e IFPB Campus Picuí e Campina Grande.

TRABALHOS QUE MAIS SE DESTACARAM:

 Trabalho “Os desafios para o Desenvolvimento Sustentável da Pequena Mineração na Paraíba” e o “Cooperativismo mineral como propulsor da atividade garimpeira nos pegmatitos de Picuí”.
Autores: Antonio de Pádua Caetano de Lima Sobrinho e Francisco de Assis Souza.

Apresentado pelo professor Souza no   XXV Encontro Nacional de Tratamento de Minérios e internacional de tratamento de minérios, no Centro de Eventos da Universidade Federal de Goiás, em Goiânia

Trabalho: “Mineração e processamento mineral em pegmatitos: exemplo na região do Seridó, Paraíba – Brasil” e “Mineração: um método misto para exploração mineral em pequenos Pegmatitos na Província Borborema, na Paraíba”.
Autores: Antonio de Pádua Caetano de Lima Sobrinho., Francisco de Assis Souza e Paulo sales.
Apresentado o “Shechtman Internactional Symposium on Sustainable Mining, Minerals, Metal and Materials Processing” (Simpósio Internacional Sustentável de Mineração, Minerais, Metal e Tratamento de Materiais),  realizado de 29 de junho à 4 de julho  de 2014, em Cancún, no México

Vencendo do mestre da educação 2014, premio concedido pelo governo da Paraíba.O prêmio Mestres da Educação é uma iniciativa do Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Educação, e consiste na fomentação, seleção, valorização e premiação das experiências administrativas e práticas pedagógicas exitosas, resultantes de ações integradas e executadas por profissionais de educação, em exercício nas escolas públicas estaduais de educação básica, e que, comprovadamente, estejam tendo sucesso no enfrentamento dos desafios no processo de ensino e aprendizagem.

 Trabalho : “Confecção de maquetes e unidades de beneficiamento de minérios como ferramenta de práticas educativas ao tratamento de minérios”. Com este tema, alunos do Curso Técnico em Mineração da Escola Estadual Padre Jerônimo Lauwen, em Santa Luzia, irão apresentar trabalho no 3º Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica (FMEPT), no Centro de Convenções, em Recife, Pernambuco.

O evento acontecerá no período de 26 a 29 de maio e a atividade mineradora da Paraíba será representada pelo professor e técnico em mineração Antônio de Pádua Sobrinho. A iniciativa da ação faz parte de um movimento pela cidadania e pelo direito universal à educação reunindo instituições, entidades e associações de todo o planeta.
Sala de Sessões da C. Municipal de Picuí/PB, 11 de maio de 2015.


ATAÍDE DANTAS XAVIER
- Vereador –


______________________________________________________________________________________

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

(VIDEO) ENGº DE MINAS DA CIDADE DE PICUÍ FOI DESTAQUE NO DOMINGO ESPETACULAR

Em Pindobaçu (BA), conhecida como a capital mundial da esmeralda, garimpeiros encontraram recentemente uma preciosidade que pode valer dezenas de milhões de reais. Trata-se de uma rocha de 1,30 m e 365 kg, cravejadas de esmeraldas, um verdadeiro tesouro geológico debaixo do solo brasileiro. O Domingo Espetacular entrou na mina de origem da pedra e mostra qual deve ser o destino dela. Acompanhe! Na o ocasião o   Engenheiro de Minas, da cidade de Picuí, Paraíba,  Marcelo Araújo Santos,  formado pela Universidade Federal de Campina Grande – UFCG. Falou sobre a mina.
Veja a reportagem: 




Setor mineral em foco com domingo espetacular.

MINERAL RARO PODE TER SIDO ENCONTRADO EM FREI MARTINHO PARAÍBA

A MINA ESCOLA EM SANTA LUZIA PODE SER USADA PARA ATIVIDADES PRÁTICAS DE MINERAÇÃO.

A Mina Escola  fica  localizada as margens da BR-230 que corta o Sertão do Estado da Paraíba, quem passa pela cidade de Santa Luzia com destino à  Patos ou de Patos destino à Campina Grande,  consegue ver suas instalações.
Segundo o técnico em Mineração Antônio de Pádua Sobrinho, a Mina Escola   apesar de está desativada continua sendo um  verdadeiro laboratório podendo  ser utilizada para a realização de  aulas práticas para  estudantes de Engenharia de Minas, de Geologia, e de técnicos em mineração ou até mesmo como ferramenta para projetos que buscam o desenvolvimento da Mineração no Estado. “Percorrendo as instalações da Mina é possível observar que muitas aulas podem ser ministradas no local, como de Geologia, Lavra, desmonte de rochas e beneficiamento de Minérios, ou quem sabe utiliza-la  para o turismo,tendo em vista o seu valor histórico e cultural,  em sua maioria desconhecido pelas gerações mais jovens,  seria  uma forma de preserva esse patrimônio  como acontece em algumas M…