Pular para o conteúdo principal

O QUE É A PESQUISA MINERAL?

Muitos dos Técnicos em Mineração formados nas diversas escolas técnicas do país destinam-se a área de Pesquisa Mineral.

Mas o que é a Pesquisa mineral? O que diz o código da Mineração sobre essa etapa? 

 Quais são as fases da pesquisa mineral?



Vamos entender um pouco de tudo isso nos próximos parágrafos.



DEFINIÇÃO DE “O QUE É PESQUISA MINERAL” NO CÓDIGO DA MINERAÇÃO

Primeiramente veremos o que diz o código da mineração sobre a Pesquisa Mineral.

No DECRETO-LEI Nº 227, DE 28 DE FEVEREIRO DE 1967, mais especificamente no Capítulo II, Artigo 14 diz o seguinte:
“Entende-se por pesquisa mineral a execução dos trabalhos necessários à definição da jazida sua avaliação e a determinação exequibilidade do seu aproveitamento econômico”.

§ 1º A pesquisa mineral compreende, entre outros, os seguintes trabalhos de campo e de laboratório: levantamentos geológicos pormenorizados da área a pesquisar, em escala conveniente; estudos dos afloramentos e suas correlações; levantamentos geofísicos e geoquímicos; aberturas de escavações visitáveis e execução de sondagens no corpo mineral; amostragens sistemáticas; análises físicas químicas das amostras e dos testemunhos de sondagens; e ensaio de beneficiamento dos minérios ou das substâncias minerais úteis, para obtenção de concentrados de acordo com as especificações do mercado ou aproveitamento industrial.

§ 2º A definição da jazida resultará da coordenação correlação e interpretação dos dados colhidos nos trabalhos executados, e conduzirá a uma medida das reservas e dos teores.
§ 3º A exequibilidade do aproveitamento econômico, resultará da análise preliminar dos custos da produção, dos fretes e do mercado.”

O QUE É A PESQUISA MINERAL?

Como podemos notar no texto citado acima, a Pesquisa mineral constitui um conjunto de trabalhos voltados à definição de uma jazida, sua avaliação e a determinação da exequibilidade de seu aproveitamento econômico. Ressaltamos que todos esses trabalhos não garantem a descoberta de uma jazida explorável economicamente.

Uma jazida só será confirmada ou não, após o cruzamento de todas as informações obtidas nos trabalhos de campo com os resultados dos testes realizados em laboratório.

As principais características da Pesquisa Mineral são:
·         Obtenção de informações de caráter geológico, constatando a existência ou não de jazida explorável Economicamente;
·         Atividade de pesquisa para conhecimento geológico, técnico-científica, e não como um empreendimento;
·         Não possui intervenção definitiva, ou seja, não caracteriza o uso alternativo do solo;

Fases da Pesquisa

A Pesquisa Mineral pode ser dividida em quatro fases, as quais são definidas de acordo com o avanço nos trabalhos realizados.

Fase 1
Esta fase dá-se pela identificação de anomalias através de estudos realizados anteriormente e o requerimento de áreas para solicitação de pesquisa mineral e assim começar o início dos estudos.

Fase 2

Com a autorização de pesquisa mineral em mãos, todas as anomalias são checadas e avaliadas, reduzindo a alvos com alto potencial e descartando as falsas anomalias.

Fase 3

Aqui os alvos identificados são checados através de sondagens convencionais, trincheiras, poços, Etc. Assim obteremos uma eventual confirmação de depósitos minerais e novamente o descarte de alvos com baixo potencial.

Fase 4

Na fase quatro, o depósito é rigorosamente estudado, já visando uma cubagem total da jazida e estudos do seu potencial econômico. Sendo esta a fase final de pesquisa onde, a jazida será confirmada como explorável economicamente e iniciará suas operações de exploração, ou se finda o projeto em pesquisa.


Concluindo…

Para concluir deixaremos uma frase que, para alguns (principalmente aqueles que trabalham na pesquisa), descreve tudo sobre a pesquisa mineral:


“Sem pesquisa mineral, não tem mineração”.






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

(VIDEO) ENGº DE MINAS DA CIDADE DE PICUÍ FOI DESTAQUE NO DOMINGO ESPETACULAR

Em Pindobaçu (BA), conhecida como a capital mundial da esmeralda, garimpeiros encontraram recentemente uma preciosidade que pode valer dezenas de milhões de reais. Trata-se de uma rocha de 1,30 m e 365 kg, cravejadas de esmeraldas, um verdadeiro tesouro geológico debaixo do solo brasileiro. O Domingo Espetacular entrou na mina de origem da pedra e mostra qual deve ser o destino dela. Acompanhe! Na o ocasião o   Engenheiro de Minas, da cidade de Picuí, Paraíba,  Marcelo Araújo Santos,  formado pela Universidade Federal de Campina Grande – UFCG. Falou sobre a mina.
Veja a reportagem: 




Setor mineral em foco com domingo espetacular.

MINERAL RARO PODE TER SIDO ENCONTRADO EM FREI MARTINHO PARAÍBA

A MINA ESCOLA EM SANTA LUZIA PODE SER USADA PARA ATIVIDADES PRÁTICAS DE MINERAÇÃO.

A Mina Escola  fica  localizada as margens da BR-230 que corta o Sertão do Estado da Paraíba, quem passa pela cidade de Santa Luzia com destino à  Patos ou de Patos destino à Campina Grande,  consegue ver suas instalações.
Segundo o técnico em Mineração Antônio de Pádua Sobrinho, a Mina Escola   apesar de está desativada continua sendo um  verdadeiro laboratório podendo  ser utilizada para a realização de  aulas práticas para  estudantes de Engenharia de Minas, de Geologia, e de técnicos em mineração ou até mesmo como ferramenta para projetos que buscam o desenvolvimento da Mineração no Estado. “Percorrendo as instalações da Mina é possível observar que muitas aulas podem ser ministradas no local, como de Geologia, Lavra, desmonte de rochas e beneficiamento de Minérios, ou quem sabe utiliza-la  para o turismo,tendo em vista o seu valor histórico e cultural,  em sua maioria desconhecido pelas gerações mais jovens,  seria  uma forma de preserva esse patrimônio  como acontece em algumas M…