Pular para o conteúdo principal

CONHEÇA UM POUCO DO TÉC EM MINERAÇÃO ANTONIO DE PÁDUA SOBRINHO E DOS SEUS PROJETOS REALIZADOS NA REGIÃO

O técnico em mineração Antonio de Pádua  Sobrinho formou-se no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba, IFPB, campus Picuí onde também é estudante do curso de agroecologia,  foi estagiário da Companhia de Desenvolvimento dos Recursos Minerais do Estado da Paraíba -CDRM no Período de Janeiro á dezembro de 2012, Dando apoio a pequena mineração e as cooperativas de Mineradores da Mesorregião do Seridó Paraibano, tais como: Selecionando áreas potencialmente mineralizadas para fixação de atividades extrativas por pequenos mineradores organizados em cooperativas, prospectando minerais de interesse econômico para atender as demandas mercadológicas, bem como estabelecendo atividades produtivas pelos cooperados das cooperativas de Picuí e Frei Martinho,COOPICUÍ E COOPERMINERAL, respectivamente, auxiliando os dirigentes de cooperativas em atividades relativas aos processos produtivos de tratamentos e comercializações, elaborando relatórios técnicos de interesse das cooperativas e das instituições parceiras do programa de apoio ao pequeno minerador, e mais especificamente, da equipe técnica da CDRM/PB,contribuindo e apresentando sugestões para melhoria do modelo produtivo, através de pequenos mineradores.

 Atualmente  Sobrinho   é professor da Escola Estadual Padre Jerônimo Lauwen de Santa Luzia , Estado da Paraíba, neste ano de 2014 foi premiado com o  projeto prêmio Mestres da Educação,  uma iniciativa do Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Educação, que consiste na fomentação, seleção, valorização e premiação das experiências administrativas e práticas pedagógicas exitosas, resultantes de ações integradas e executadas por profissionais de educação, em exercício nas escolas públicas estaduais de educação básica, e que, comprovadamente, estejam tendo sucesso no enfrentamento dos desafios no processo de ensino e aprendizagem.  Também é professor contratado  do Centro de Inovação e Tecnologia Industrial do SENAI da Paraíba (CITI), CT Minerais Ernesto Reibel Campina Grande Paraíba e pesquisador dos recursos minerais da região do Seridó Paraibano com vários trabalhos publicados e apresentados em congressos e simpósios nacionais e internacionais.  Além de ser  administrador do blog setor mineral em foco  que tem como objetivo divulgar as riquezas minerais da região do Seridó Paraibano.


 Atualmente desenvolve vários projetos de pesquisa na região, dentre eles já foi desenvolvido o projeto “Mapeamento dos Sítios Arqueológicos da Região do Seridó Oriental Paraibano”,    o projeto foi orientado pelo professor  do IFPB Thyago de Almeida Silveira , tendo como integrantes as estudantes de edificações  Uyara Layssa de Oliveira Santos, Pabliany Dantas Silva, Edson Caldo e do professor José Márcio da Silva Vieira o projeto teve como objetivo objetivo realizar o mapeamento e caracterização sociocultural e histórica dos sítios arqueológicos presentes nesta região que em sua maioria são representados pela tradição Itaquatiara (pedra gravada), incisões feitas na rocha, grafismos pouco elaborados e muitas vezes incompreendidos.  Além de ser um dos coordenadores  do projeto garimpo bom mineração responsável que tem por objetivo realizar um levantamento global das condições socioeconômicas, de segurança e saúde do pequeno minerador que atua no extrativismo mineral da Paraíba, levando em consideração também as questões ambientais dos garimpos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

(VIDEO) ENGº DE MINAS DA CIDADE DE PICUÍ FOI DESTAQUE NO DOMINGO ESPETACULAR

Em Pindobaçu (BA), conhecida como a capital mundial da esmeralda, garimpeiros encontraram recentemente uma preciosidade que pode valer dezenas de milhões de reais. Trata-se de uma rocha de 1,30 m e 365 kg, cravejadas de esmeraldas, um verdadeiro tesouro geológico debaixo do solo brasileiro. O Domingo Espetacular entrou na mina de origem da pedra e mostra qual deve ser o destino dela. Acompanhe! Na o ocasião o   Engenheiro de Minas, da cidade de Picuí, Paraíba,  Marcelo Araújo Santos,  formado pela Universidade Federal de Campina Grande – UFCG. Falou sobre a mina.
Veja a reportagem: 




Setor mineral em foco com domingo espetacular.

MINERAL RARO PODE TER SIDO ENCONTRADO EM FREI MARTINHO PARAÍBA

A MINA ESCOLA EM SANTA LUZIA PODE SER USADA PARA ATIVIDADES PRÁTICAS DE MINERAÇÃO.

A Mina Escola  fica  localizada as margens da BR-230 que corta o Sertão do Estado da Paraíba, quem passa pela cidade de Santa Luzia com destino à  Patos ou de Patos destino à Campina Grande,  consegue ver suas instalações.
Segundo o técnico em Mineração Antônio de Pádua Sobrinho, a Mina Escola   apesar de está desativada continua sendo um  verdadeiro laboratório podendo  ser utilizada para a realização de  aulas práticas para  estudantes de Engenharia de Minas, de Geologia, e de técnicos em mineração ou até mesmo como ferramenta para projetos que buscam o desenvolvimento da Mineração no Estado. “Percorrendo as instalações da Mina é possível observar que muitas aulas podem ser ministradas no local, como de Geologia, Lavra, desmonte de rochas e beneficiamento de Minérios, ou quem sabe utiliza-la  para o turismo,tendo em vista o seu valor histórico e cultural,  em sua maioria desconhecido pelas gerações mais jovens,  seria  uma forma de preserva esse patrimônio  como acontece em algumas M…