Pular para o conteúdo principal

PICUÍ TERRA DA CARNE DE SOL, TAMBÉM É RICA EM MINÉRIOS.

Adicionar legenda
O  município de Picuí é conhecido nacionalmente como a terra da carne de sol. Porém é preciso destacar outros segmentos que tem grande representatividade econômica em Picuí como o Picolé, onde por muitos anos foi realizada a popular festa do Picolé, como forma de homenagear e divulgar, no cenário nacional, o nome do município como sendo a “Terra do Picolé Caseiro”.  merecendo destaque também para MINERAÇÃO, sendo este segmento  de muita importância para o município desde o período da segunda guerra mundial até os dias atuais,  fazendo  parte da história econômica da região, constando de dezenas de garimpos lavrados desde o início do século XX, despertando grande interesse por parte dos americanos, pela riqueza em minerais estratégicos para a produção de armamentos bélicos.



Além da história mineral contada por antigos garimpeiros, que serve de atrativo turístico onde o geoturista tem a oportunidade de presenciar a lavra a céu aberto e obter informações geológicas sobre os corpos pegmatíticos,  apreciarem  a beleza das cavas formadas pela lavra de quartzo, feldspato, muscovita, berilo, tantalita, etc.  entender um pouco do  comércio do artesanato mineral e gemas,  compreender  o processo  de extração e comercialização dos minérios, que  até hoje tem um peso marcante na economia interna e no desenvolvimento socioeconômico da população local. além dos    sítios arqueológicos, ricos em arte rupestre, que  retratam a rica cultura dos antepassados  e os   afloramentos rochosos esculpidos pelo intemperismo a exemplo do afloramento onde foi construída  a   estátua  de Felipe Tiago Gomes,  que obviamente despertará  também  interesse dos visitantes  que conhecerão um pouco da história de Felipe Tiago Gomes,  figura ilustra do município e a geologia do afloramento.



Concordo com minha amiga Fabiana Agra  quando ela citou em um de seus artigos sobre Picuí, que chegou a hora de fazermos justiça: Picuí não é somente à “Terra da carne-de- sol”: Picuí também é a Terra do MINÉRIO e do PICOLÉ!Picuí tem muito mais para oferecer à economia e ao turismo da região do seridó – e por que não dizer, do nordeste brasileiro. Para tanto, é preciso que o Poder Público e o povo Picuiense comecem a investir no tripé “CARNE-DE-SOL – MINÉRIO – PICOLÉ” como elementos-chave para o desenvolvimento do município. É preciso que seja criada, quem sabe, a “Festa do Minério” e que a “Festa do Picolé” possa ser reeditada para que, ao lado do “Festival da Carne de Sol”, o nome de PICUÍ possa ser divulgado cada vez mais pelo Brasil afora, trazendo retorno econômico e incrementando o turismo da nossa terra.


Antonio de Pádua Sobrinho - Técnico em Mineração.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

(VIDEO) ENGº DE MINAS DA CIDADE DE PICUÍ FOI DESTAQUE NO DOMINGO ESPETACULAR

Em Pindobaçu (BA), conhecida como a capital mundial da esmeralda, garimpeiros encontraram recentemente uma preciosidade que pode valer dezenas de milhões de reais. Trata-se de uma rocha de 1,30 m e 365 kg, cravejadas de esmeraldas, um verdadeiro tesouro geológico debaixo do solo brasileiro. O Domingo Espetacular entrou na mina de origem da pedra e mostra qual deve ser o destino dela. Acompanhe! Na o ocasião o   Engenheiro de Minas, da cidade de Picuí, Paraíba,  Marcelo Araújo Santos,  formado pela Universidade Federal de Campina Grande – UFCG. Falou sobre a mina.
Veja a reportagem: 




Setor mineral em foco com domingo espetacular.

MINERAL RARO PODE TER SIDO ENCONTRADO EM FREI MARTINHO PARAÍBA

A MINA ESCOLA EM SANTA LUZIA PODE SER USADA PARA ATIVIDADES PRÁTICAS DE MINERAÇÃO.

A Mina Escola  fica  localizada as margens da BR-230 que corta o Sertão do Estado da Paraíba, quem passa pela cidade de Santa Luzia com destino à  Patos ou de Patos destino à Campina Grande,  consegue ver suas instalações.
Segundo o técnico em Mineração Antônio de Pádua Sobrinho, a Mina Escola   apesar de está desativada continua sendo um  verdadeiro laboratório podendo  ser utilizada para a realização de  aulas práticas para  estudantes de Engenharia de Minas, de Geologia, e de técnicos em mineração ou até mesmo como ferramenta para projetos que buscam o desenvolvimento da Mineração no Estado. “Percorrendo as instalações da Mina é possível observar que muitas aulas podem ser ministradas no local, como de Geologia, Lavra, desmonte de rochas e beneficiamento de Minérios, ou quem sabe utiliza-la  para o turismo,tendo em vista o seu valor histórico e cultural,  em sua maioria desconhecido pelas gerações mais jovens,  seria  uma forma de preserva esse patrimônio  como acontece em algumas M…