Pular para o conteúdo principal

OPERAÇÃO BRASIL INTEGRADO APREENDE EXPLOSIVOS EM PEDREIRAS CLANDESTINAS LOCALIZADAS NO MUNICÍPIO DE PICUÍ, NA REGIÃO DO SERIDÓ.

Na Paraíba, um efetivo de 388 policiais entre civis, militares, rodoviários federais e federais participaram da Operação Brasil Integrado – Ação Fronteira Nordeste, realizada nesta quarta (4) e quinta-feira (5) e coordenada pelo Ministério da Justiça (MJ). O trabalho teve como resultado a apreensão de 19,2 quilos de explosivos em pedreiras clandestinas localizadas no município de Picuí, na região do Seridó, e ainda na prisão de 23 pessoas em flagrante ou por mandado de prisão.

20 estados do Brasil realizaram ações de enfrentamento à violência simultaneamente, reunindo mais de 20 mil profissionais da área de segurança pública, Receita Federal e Ibama. O objetivo foi aproximar o Governo Federal com os estados, a partir do modelo operacional adotado para a Copa do Mundo.

 

A Polícia Civil da Paraíba realizou vistorias em pedreiras clandestinas na cidade de Picuí e conseguiu apreender, além dos explosivos, 13 estopins com espoleta, 296 metros de cordel detonante e13 metros de estopim. O material irregular foi entregue ao Batalhão de Operações Especiais da Policia Militar (Bope).

 

Durante os dois dias da operação, as outras equipes da policia civil e militar apreenderam maconha, prenderam três pessoas e cumpriram seis mandados de prisão por tráfico, associação ao tráfico e porte ilegal de arma. As ações foram realizadas nos municípios de Cajazeiras e Pilõezinhos. As outras 14 prisões foram realizadas pelas policias Federal e Rodoviária Federal.

 

Para o secretário da Segurança e da Defesa Social, Claudio Lima, a operação mostrou a importância do trabalho integrado de instituições estaduais e federais para a diminuição da violência. “Prezamos por este processo, inclusive com a implantação do Programa Paraíba Unida pela Paz, buscando encarar a Segurança Pública como um sistema, do qual fazem parte as polícias Civil, Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal e Federal, e outras instituições que devem trabalhar unidas para garantir o bem-estar da população”, concluiu Claudio Lima.

 


No Brasil - Em território nacional, foram feitas 70.357 revistas pessoais e 52.672 abordagens veiculares em 1.545 barreiras e bloqueios policial, tudo com base em informações de inteligência e com respeito às leis e aos direitos humanos. Também foram cumpridos 221 mandados de busca e apreensão e prisão. Ainda foram recuperados 141 veículos furtados e roubados.

 


As equipes que trabalharam em esquema integrado também retiram de circulação cerca de 5 toneladas de drogas, 100 armas de fogo, 1.700 munições e 427 veículos foram apreendidos. Também foram presas 436 pessoas em flagrante ou em cumprimento de mandados.



Correio -PB

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

(VIDEO) ENGº DE MINAS DA CIDADE DE PICUÍ FOI DESTAQUE NO DOMINGO ESPETACULAR

Em Pindobaçu (BA), conhecida como a capital mundial da esmeralda, garimpeiros encontraram recentemente uma preciosidade que pode valer dezenas de milhões de reais. Trata-se de uma rocha de 1,30 m e 365 kg, cravejadas de esmeraldas, um verdadeiro tesouro geológico debaixo do solo brasileiro. O Domingo Espetacular entrou na mina de origem da pedra e mostra qual deve ser o destino dela. Acompanhe! Na o ocasião o   Engenheiro de Minas, da cidade de Picuí, Paraíba,  Marcelo Araújo Santos,  formado pela Universidade Federal de Campina Grande – UFCG. Falou sobre a mina.
Veja a reportagem: 




Setor mineral em foco com domingo espetacular.

MINERAL RARO PODE TER SIDO ENCONTRADO EM FREI MARTINHO PARAÍBA

A MINA ESCOLA EM SANTA LUZIA PODE SER USADA PARA ATIVIDADES PRÁTICAS DE MINERAÇÃO.

A Mina Escola  fica  localizada as margens da BR-230 que corta o Sertão do Estado da Paraíba, quem passa pela cidade de Santa Luzia com destino à  Patos ou de Patos destino à Campina Grande,  consegue ver suas instalações.
Segundo o técnico em Mineração Antônio de Pádua Sobrinho, a Mina Escola   apesar de está desativada continua sendo um  verdadeiro laboratório podendo  ser utilizada para a realização de  aulas práticas para  estudantes de Engenharia de Minas, de Geologia, e de técnicos em mineração ou até mesmo como ferramenta para projetos que buscam o desenvolvimento da Mineração no Estado. “Percorrendo as instalações da Mina é possível observar que muitas aulas podem ser ministradas no local, como de Geologia, Lavra, desmonte de rochas e beneficiamento de Minérios, ou quem sabe utiliza-la  para o turismo,tendo em vista o seu valor histórico e cultural,  em sua maioria desconhecido pelas gerações mais jovens,  seria  uma forma de preserva esse patrimônio  como acontece em algumas M…