Pular para o conteúdo principal

PICUÍ PB: PEQUENA MINERAÇÃO DO MUNICÍPIO FOI DESTAQUE NO EXTERIOR

Nesta sexta-feira dia 18 de julho de 2014, o geólogo e professor do IFPB, Francisco Souza, juntamente com o professor da Escola Estadual Padre Jerônimo Lauwen de Santa Luzia Paraíba e técnico em mineração Antonio de Pádua Sobrinho, estiveram participando  do jornal da sisal transmitido pela rádio sisal FM da cidade de Picuí, o jornal é apresentado pelo cantor e compositor Wilton Pinheiro e pelo radialista Ailton Segundo. Em sua participação os professores destacaram  os trabalhos,projetos   e ações realizadas no município de Picuí e região focando a pequena mineração.

 Durante a entre entrevista   o professor Souza falou da sua participação  no Shechtman Internactional Symposium on Sustainable Mining, Minerals, Metal and Materials Processing” (Simpósio Internacional Sustentável de Mineração, Minerais, Metal e Tratamento de Materiais),  realizado  em Cancún, no México, o evento ocorreu entre os   os dias 29 de junho   e 04 de julho, onde esteve  representando  a atividade mineral  do Seridó do Seridó Paraibano.

No congresso o professor apresentou alguns trabalhos desenvolvidos por ele e pelos técnicos em mineração Paulo Sales e Antonio de Pádua Sobrinho. "Os trabalhos destacam   a atividade mineral desenvolvida na região do Seridó Paraibano  especialmente nos  municípios de Picuí e  Frei Martinho que  estão entre os municípios paraibanos cuja economia primária principal é a mineração, com a  extração de minerais industriais  como quartzo, feldspato, mica , como  também  a extração de minerais raros  como berilo, turmalina, água-marinha, tantalita/columbita,  centenas de famílias sobrevivem da extração desses bens minerais,durante o evento divulgamos todo este potencial e os trabalhos que estamos realizando em Picuí em prol da pequena mineração da região.” Frisou o professor


“ Este simpósio em Cancún no México,   contou a participação de universidades e instituições de todo o mundo como  África, Ásia, Austrália, Europa, América do Norte  do Sul e  do Brasil, a temática principal deste simpósio foi a sustentabilidade na mineração entre outras temáticas, novas tecnologias de extração e concentração de minérios foram apresentadas, o que gerou bons debates e trocas de experiencias, tendo em vista que   nossos trabalhos, trataram  da extração e beneficiamento  de minérios na região de Picuí e Frei Martinho feito pelos pequenos mineradores da região,   destacando os 2 tipos lavra desenvolvidas   o a céu aberto e o  subterrâneo. O outro trabalho  foi sobre o beneficiamento de tantalita  realizado  pelos garimpeiros  de Picuí.” Disse

 Já o  técnico em mineração Antonio de Pádua Sobrinho falou da   importância socioeconômica  da mineração para o município de Picuí e região, destacou os avanços do setor e  apresentou  algumas alternativas que se forem aplicadas na região trarão  melhorias para a atividade mineral não só de Picuí como para a região do Seridó Paraibano, levando em consideração as questões de saúde,  segurança e meio ambiente.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

(VIDEO) ENGº DE MINAS DA CIDADE DE PICUÍ FOI DESTAQUE NO DOMINGO ESPETACULAR

Em Pindobaçu (BA), conhecida como a capital mundial da esmeralda, garimpeiros encontraram recentemente uma preciosidade que pode valer dezenas de milhões de reais. Trata-se de uma rocha de 1,30 m e 365 kg, cravejadas de esmeraldas, um verdadeiro tesouro geológico debaixo do solo brasileiro. O Domingo Espetacular entrou na mina de origem da pedra e mostra qual deve ser o destino dela. Acompanhe! Na o ocasião o   Engenheiro de Minas, da cidade de Picuí, Paraíba,  Marcelo Araújo Santos,  formado pela Universidade Federal de Campina Grande – UFCG. Falou sobre a mina.
Veja a reportagem: 




Setor mineral em foco com domingo espetacular.

MINERAL RARO PODE TER SIDO ENCONTRADO EM FREI MARTINHO PARAÍBA

A MINA ESCOLA EM SANTA LUZIA PODE SER USADA PARA ATIVIDADES PRÁTICAS DE MINERAÇÃO.

A Mina Escola  fica  localizada as margens da BR-230 que corta o Sertão do Estado da Paraíba, quem passa pela cidade de Santa Luzia com destino à  Patos ou de Patos destino à Campina Grande,  consegue ver suas instalações.
Segundo o técnico em Mineração Antônio de Pádua Sobrinho, a Mina Escola   apesar de está desativada continua sendo um  verdadeiro laboratório podendo  ser utilizada para a realização de  aulas práticas para  estudantes de Engenharia de Minas, de Geologia, e de técnicos em mineração ou até mesmo como ferramenta para projetos que buscam o desenvolvimento da Mineração no Estado. “Percorrendo as instalações da Mina é possível observar que muitas aulas podem ser ministradas no local, como de Geologia, Lavra, desmonte de rochas e beneficiamento de Minérios, ou quem sabe utiliza-la  para o turismo,tendo em vista o seu valor histórico e cultural,  em sua maioria desconhecido pelas gerações mais jovens,  seria  uma forma de preserva esse patrimônio  como acontece em algumas M…