Pular para o conteúdo principal

TÉC EM MINERAÇÃO DIVULGA SETOR MINERAL DE PICUÍ EM PALESTRAS E BLOG


O técnico em mineração  Antonio de Pádua Sobrinho (Foto),  nascido na cidade de Picuí, se tornou um agente de divulgação do Programa de Mineração do Governo do Estado. Criou o blog Setor Mineral em Foco e percorre a Paraíba e outros estados proferindo palestras sobre o momento atual do desenvolvimento do setor mineral especial do município de Picuí.

Nas palestras o técnico  divulga os projetos e ações que vem desenvolvendo em prol da atividade mineral da região, mostrando os avanços, os resultados e os desafios do setor ele já  proferiu  palestras na Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Instituto Federal da Paraíba (IFPB) e Universidade Federal  da Paraíba(UFPB).Dentre outras instituições.

No mês de junho Pádua juntamente com o geólogo e professor do IFPB campus Picuí Francisco de Assis Souza e o técnico em mineração Paulo Sales  irá  representará a Paraíba, durante o “Shechtman Internactional Symposium on Sustainable Mining, Minerals, Metal and Materials Processing” (Simpósio Internacional Sustentável de Mineração, Minerais, Metal e Tratamento de Materiais), que será realizado de 29 de junho à 4 de julho em Cancún, no México.

No México  os  paraibanos vão apresentar os trabalhos intitulados  : “Mineração e processamento mineral em pegmatitos: exemplo na região do Seridó, Paraíba – Brasil” e “Mineração: um método misto para exploração mineral em pequenos Pegmatitos na Província Borborema, na Paraíba”.Destacando a pequena mineração de Picuí..O congresso é organizado por um comitê internacional que abrange seis continentes: África, Ásia, Austrália, Europa, América do Norte e do Sul, bem como as universidades de todo mundo.

Sobrinho  já estagiou na Companhia de Desenvolvimento de Recursos Minerais (CDRM),  e atualmente desenvolve alguns trabalhos de  pesquisa na região  do Seridó paraibano.O jovem já publicou alguns artigos, dentre eles ‘Granito Pegmatito da Pedreira Saco da Serra, Potencialidades de aproveitamento econômico dos rejeitos como agente mitigador de impactos ambientais. –Picuí-PB, apresentado no VIII Simpósio de Rochas Ornamentais do Nordeste (VII SRONE), realizado na cidade de Campina Grande – PB, no período de novembro de 2012 e  os trabalhos intitulados ‘Os desafios para o Desenvolvimento Sustentável da Pequena Mineração na Paraíba e “O cooperativismo mineral como Propulsor da Atividade Garimpeira nos Pegmatitos de Picuí-PB’. no XXV Encontro Nacional de Tratamento de Minérios e VIII Metalurgia Extrativa e VIII Meeting of the Southern Hemisphere on Mineral Technology,  apresentados  em Goiânia-GO ano passado .além de outros trabalhos e participações em eventos sempre elevando e divulgando o potencial  de Picuí  e região.

" Estes trabalhos além de divulgarem o potencial mineral de  nossa região, contribuem para   chamarmos  a atenção das autoridades e dos órgãos de fomento para a importância de se valorizar esta atividade que é tão importante ,principalmente a pequena mineração de nossa região  onde centenas de famílias sobrevivem da extração mineral.” Destacou Pádua

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

(VIDEO) ENGº DE MINAS DA CIDADE DE PICUÍ FOI DESTAQUE NO DOMINGO ESPETACULAR

Em Pindobaçu (BA), conhecida como a capital mundial da esmeralda, garimpeiros encontraram recentemente uma preciosidade que pode valer dezenas de milhões de reais. Trata-se de uma rocha de 1,30 m e 365 kg, cravejadas de esmeraldas, um verdadeiro tesouro geológico debaixo do solo brasileiro. O Domingo Espetacular entrou na mina de origem da pedra e mostra qual deve ser o destino dela. Acompanhe! Na o ocasião o   Engenheiro de Minas, da cidade de Picuí, Paraíba,  Marcelo Araújo Santos,  formado pela Universidade Federal de Campina Grande – UFCG. Falou sobre a mina.
Veja a reportagem: 




Setor mineral em foco com domingo espetacular.

MINERAL RARO PODE TER SIDO ENCONTRADO EM FREI MARTINHO PARAÍBA

A MINA ESCOLA EM SANTA LUZIA PODE SER USADA PARA ATIVIDADES PRÁTICAS DE MINERAÇÃO.

A Mina Escola  fica  localizada as margens da BR-230 que corta o Sertão do Estado da Paraíba, quem passa pela cidade de Santa Luzia com destino à  Patos ou de Patos destino à Campina Grande,  consegue ver suas instalações.
Segundo o técnico em Mineração Antônio de Pádua Sobrinho, a Mina Escola   apesar de está desativada continua sendo um  verdadeiro laboratório podendo  ser utilizada para a realização de  aulas práticas para  estudantes de Engenharia de Minas, de Geologia, e de técnicos em mineração ou até mesmo como ferramenta para projetos que buscam o desenvolvimento da Mineração no Estado. “Percorrendo as instalações da Mina é possível observar que muitas aulas podem ser ministradas no local, como de Geologia, Lavra, desmonte de rochas e beneficiamento de Minérios, ou quem sabe utiliza-la  para o turismo,tendo em vista o seu valor histórico e cultural,  em sua maioria desconhecido pelas gerações mais jovens,  seria  uma forma de preserva esse patrimônio  como acontece em algumas M…